sexta-feira, 31 de outubro de 2014

SOBRAL-CE: POLÍCIA PRENDE INDIVÍDUO QUE TENTOU PRATICAR ASSALTO!


 
 
 
 


Indivíduo tentou assaltar um jovem na noite de quarta-feira (29/10), por volta das 18h40min, na Avenida Humberto Lopes, Bairro Coelce. Informações dos policiais civis, Nogueira e Yuri, dão conta de que um indivíduo identificado como Elizeo Ferreira do Nascimento, teria abordado um jovem e anunciado o assalto, o meliantes estava com um revólver de brinquedo, os policiais perceberam a ação do meliante e conseguiram prender o indivíduo. 

A população cansada de sofrer vários assaltos, tentou linchar o indivíduo. Os policiais civis solicitaram apoio a CIOPS (Centro Integrado de Operações Policiais), que deslocou uma viatura para o local da ocorrência (PMs Cronemberg e Jaime). Os PMs conduziram o suspeito e os objetos envolvidos no crime para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Sobral, para os procedimentos legais. Ressalta-se que o suspeito tentou praticar o crime em frente a casa de um policial civil.



Fonte: Sobral 24 horas c/ Jorge Alves

Vídeo: Jogo GTA na vida real !


Bandido rouba caminhonete e começa perseguição cinematográfica em Goiânia, com final triste pra ele, parecia que ele era viciado no famoso jogo GTA !!!



Via gladvideos

VIOLÊNCIA: MÉDICA SOBRALENSE DESABAFA!

Confira o desabafo de uma médica sobralense que trabalha no hospital Santa Casa de Sobral. Ela faz um relato sobre pacientes que atendeu no dia 25/10, todas as vítimas foram lesionadas a pedradas quando trafegavam sobre a ponte do rio oiticica.

Confira o comentário que fez em seu perfil no facebook:







Quatro pessoas foram presas em flagrante na cidade de Forquilha pela Polícia Militar! Os presos são suspeitos de vários crimes. Os policiais realizaram a prisão no início da tarde ontem (30), por volta das 13h. Os indivíduos foram conduzidos à Delegacia Regional de Polícia Civil para os procedimentos legais. Entre os presos está uma mulher. As pessoas presas foram: Cosmo Felipe Rodrigues, Tiene de Sousa Menes, Francisco Michel da Silva Maciel e Alexandra Costa Sousa, todos são maiores de idade. Os policiais responsáveis pela prisão foram: Sargento Luís César, Soldado Sousa, Soldado Alves e Soldado Aires.


Fonte: Sobral 24 horas c/ Repórter Jorge Alves

SOBRAL-CE: MORADORES DO BAIRRO SINHÁ SABÓIA GRITAM POR SOCORRO!


A nossa equipe de reportagem recebeu na data de ontem (30), um pedido de socorro de um dos moradores do Bairro Sinhá Sabóia, recebemos o pedido de socorro através de uma telefônica, recebida às 22h30min. O cidadão nos relatou que os moradores do referido bairro estão isolados, pois segundo ele, não podem transitar pela Avenida Sen. Fernandes Távora, na altura da ponte sobre o rio oiticica, pois bandidos atacam os transeuntes com pedradas, e nem pela Avenida Monsenhor Aloísio Pinto, pois são assaltados nas proximidades do fórum. O reclamante solicita uma solução para o problema, pois várias pessoas estão sendo prejudicadas, deixando até de irem ao trabalho e de estudarem, em virtude da violência. 


Fonte: cidadão sobralense via whatsapp

LIBERAÇÃO DE PORTE DE ARMA GANHA FORÇA COM ENGAJAMENTO POPULAR NO CONGRESSO


Nem educação, nem transporte, nem saúde. Assunto polêmico e delicado, o porte de armas de fogo e munições é o recordista de apoio popular pelos canais de interação da Câmara dos Deputados com a sociedade, como o telefone 0800 da instituição. Por ele ou por enquetes disponíveis em sua página na internet, a população tem interagido a favor de uma proposta que revoga o Estatudo do Desarmamento, lei federal de 2003.

Desde sua assinatura, há quase 10 anos, 65 projetos de lei foram propostos por deputados da casa com o intuito de alterar ou mesmo revogar seu texto. Mas nenhum havia chegado tão longe quanto o PL 3722/2012, que após um período estacionado, há um mês foi designado a uma Comissão Especial formada por 46 deputados.

Neste semestre, uma nova audiência pública deve acontecer com a presença de Bene Barbosa, presidente do Movimento Viva Brasil (MVB); o advogado Fabricio Rebelo, pesquisador em segurança pública no Nordeste e também integrante do MVB; e o delegado Fernando Segóvia, representante da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ANDPF). Entusiastas do projeto de lei estimam que ele pode chegar para votação no Plenário ainda este ano.

Proposto em 2012 pelo catarinense Rogério Mendonça Peninha (PMDB), o projeto de lei 3722 traz em seu texto uma vontade popular delineada em 2005, quando o referendo popular, terceiro na história do país e primeiro no mundo a consultar diretamente a sociedade sobre este assunto, constatou que 63,94% dos 95.375.824 brasileiros que responderam à consulta defendiam que o comércio de armas e munições não deveria ser proibido no Brasil. Não houve unidade federativa no país que apresentasse inclinação diferente.

Nos Estados Unidos, onde o porte de armas é um direito garantido pela Constituição, os estados são autônomos para legislar sobre o assunto. Na maioria deles, a venda e o uso de armamento pessoal são permitidos.

Iniciativa popular chega ao Senado

Plataforma de participação política, o portal e-Cidadania contempla um espaço destinado à proposição de novas leis por cidadãos comuns. Para que cheguem a ser avaliadas pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado, as ideias precisam conquistar 20 mil apoios. Desde quando foi lançada, a plataforma já recebeu mais de 1360 propostas legislativas. Destas, apenas três conseguiram os 20 mil apoios necessários no tempo hábil para seu andamento: a que regula o uso recreativo, medicinal e industrial da maconha; a que regulamenta as atividades de marketing de rede; e a que garante o direito de porte de armas a cidadão devidamente qualificado.

Proposta por André de Carvalho Franco em 18 de fevereiro deste ano, a ideia demorou pouco mais de dois meses para conquistar as 20 mil assinaturas; a título de comparação, a igualmente polêmica proposta de regulação da maconha levou menos de uma semana. O autor, um atirador de estande de Osasco, em São Paulo, chegou a pedir apoio em um fórum do site Tiro Dinâmico, que se dedica a “atiradores e apreciadores de armas de fogo”. Procurado pela reportagem de iG, André não retornou os e-mails ou ligações.

Legítima defesa ou justiça com as próprias mãos?

Somadas, a iniciativa do deputado Peninha e a ideia legislativa proposta pelo e-Cidadania podem ser associados – e costumam ser justificados com – a sensação de insegurança no país: em 2012, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou que mais de 20% dos brasileiros não se sentiam seguros dentro de suas casas. O levantamento se valeu de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad, 2009) que se referiam ao tema Vitimização e Justiça.

“A população sabe que está à mercê da criminalidade. O Estatuto do Desarmamento reduziu em 60% a comercialização de armas legais, mas o bandido, o marginal, quando compra arma, vai pelo contrabando. O cidadão de bem não pode se defender ou defender sua família”, argumenta Peninha.

Casos de justiciamento que correram o país no último ano e que culminaram com o linchamento e morte de uma dona de casa no Guarujá, litoral paulista, são um exemplo claro do clima de revolta ante a impunidade associada à justiça brasileira. “Não podemos confundir a justiça pelas próprias mãos com legítima defesa. O homem só deve usar a arma de fogo pra sobreviver”, afirma Bene Barbosa.





Fonte IG

DILMA ROUSSEFF ANUNCIA PEC DA SEGURANÇA PÚBLICA


A presidente reeleita Dilma Rousseff anunciou nesta quarta-feira que mandará para o Congresso, nas próximas semanas, uma proposta de emenda constitucional (PEC) mudando o papel da União na segurança pública.

Dilma por diversas vezes foi criticada pelo candidato derrotado Aécio Neves sobre a questão do pouco investimento da união no setor. Segundo Dilma o Governo Federal pretende manter o sistema de integração das forças de segurança federais e estaduais adotado na Copa do Mundo. A ideia é implantar Centros de Comando e Controle nas 27 capitais brasileiras, em até um ano e meio.

— Sabendo que a questão da segurança pública pela Constituição é uma competência dos estados e sabendo que o crime organizado atua de forma coordenada tanto no território nacional quanto em âmbito internacional, não é possível que a atuação do Brasil seja fragmentada entre os diferentes entes da federação – estados, União e municípios. Não só fragmentada entre os entes federados, mas entre os órgãos de segurança — disse a presidente, em entrevista no Palácio da Alvorada.

Segurança Pública é uma situação de urgência de um país que sofre pelo auto índice de violência, durante a copa do mundo de 2014 os Centros de Comando e Controle atuaram de forma efetiva em doze cidades do País.

Em geral foi constatado que os policiais se sentiram bem e à vontade com outras polícias fazendo ações juntas, integradas, conversando cotidianamente. Com essa nova emenda constitucional é bem possível surgir uma política de Estado na área segurança pública, onde a União entra integrada com todas as forças policiais estaduais.

A presidente afirmou que não mexerá no papel do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. Segundo ela, o governo federal pretende implantar uma política nacional comum, unificando as ações dos órgãos de segurança. A implantação dos centros, segundo Dilma, não implicará o aumento do número de servidores de segurança.

Contudo, Dima Rousseff, não quis se pronunciar sobre a questão da unificação das polícias nem da desmilitarização da Polícia Militar.


Com informações: O GLOBO